segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Recife #3.

o resultado de abrir frestas à força
é sempre uma ferida aberta
por onde entram as coisas
por onde entram as pessoas
pra arejar o quarto

sábado, 14 de outubro de 2017

Recife #5.

talvez a gente não tenha
tanto tempo assim 
pra ficar se procurando 

não me achei em mim até agora
desconforta não saber quando ou se
tudo aqui dentro de mim
vai parar de se maltratar
assim
sem perceber

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

mãe,
todo dia eu penso na saudade que eu sinto do seu sorriso
na saudade que vou sentir do seu sorriso

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Tecla Esc.

os dias da semana
dissolvem nos copos d'água
esvaem-se num só gole
amargam o céu da boca
adormecem a língua
afagam as papilas gustativas

deixo cair mais um comprimido de tempo
tempo comprimido
fecho os olhos pra sentir o gosto ruim
mas não sinto nada

sábado, 2 de setembro de 2017

Namorada.

minha pele estranha os toques
desacostumou da calidez
parece que esqueceu-se
da sensação que acompanha
um pequeno beijo
no lugar certo

o arrepio
o frio na barriga
os olhos que se encaram de perto
o toque dos lábios sem língua

afeto
dormência
viver pra sempre nas aparências
ou simplesmente não viver
não se ver mais em abraços
ou em confidências

com o lóbulo na boca
não lembrar mais o sentido
dos sussurros ao pé do ouvido